06 dezembro, 2006

A dança das borboletas

As borboletas gostam de sair à noite, às horas mágicas em que as criaturas da noite se revelam entre brilhos de purpurinas. Seguindo um chamamento inaudível reunem-se perto de uma fonte de luz, de calor onde possam bailar...

Tinha vestido algo diferente, nada vistoso ou demasiado provocante, sem cores cintilantes ou reflexos de lantejoulas... simples e diferente. A vontade de se mexer era maior que qualquer vaidade escondida. O ritmo não despertava interesse, a pista estava demasiado sóbria... tal como ela que se refugiou junto ao balcão de onde podia assistir a todos os movimentos humanos. As aproximações e afastamentos dos corpos que lá se iam rebolando sem qualquer motivo que não o da própria noite teimosamente bacante pela sua própria condição de obscuridade, de segredo... Mas esta mariposa não queria mais que contemplar os outros sem palavras, sem voz, sem ter que pensar nos momentos que antecediam ou se seguiam aos que experimentava. Tinha recolhido as asas a um canto e apenas se fazia acompanhar do néctar de frutos que lhe era essencial à própria existência naquele espaço. As luzes começavam a distorcer os movimentos, os corpos já não dançavam, antes se contorciam compulsivamente em espasmos, o chão fugia enquanto as lágrimas lhe escorriam pelo rosto... não sabiam a néctar doce de fruta ou flor. Eram feitas de memórias, de asas coloridas, de arco-íris perdidos, de raios de sol fugidíos, de chocolate quente, de mantas e almofadas e pantufas, de toalhas perfumadas.... de tudo o que a fazia voar.


A noite acaba invariavelmente com a chegada da luz maior, dos espaços abertos, dos olhos atentos, do recolher das borboletas às suas pétalas onde permanecem de asas abertas antes de mais um voo pela noite...

3 comentários:

Little Fairy disse...

Fechaste os olhos por instantes,
As trevas absorveram-te com mimos intensos.
Tu desces bem fundo…
E quando chegares lá bem no fundo,
Olha em frente,
Eu estarei lá...

A tua fada...

Joana disse...

As borboletas são como fadas,e tu és uma delas...sua fada conquistadora
*
*
*
tens omundo aos teus pés, brinca com ele...e obrigada pelo ombro!

gaelle disse...

you can fly..